terça-feira, 15 de novembro de 2011

QUANTO MAIS RÁPIDO A ALMA SE UNE A D’US, MENOS SOFRIMENTO TEM QUE SUPORTAR



Quanto mais rápido a alma se une a D’us, menos sofrimento tem que suportar

Pesquisa – Tradução – Adaptação: Yashar David – Moré



            Após a morte, cada pessoa tem que passar pelo processo de sepultamento, como o versículo diz: "Tudo o que veio da terra,  voltará  para terra." (Eclesiastes 3:20)

            A Terra é o elemento mais material de todos os quatro elementos básicos, porque incorpora os outros três elementos. Assim, "O Eterno, D'us, formou o homem do pó da terra ..." (Gênesis 2:7) o homem santifica todos os quatro elementos básicos, que são incorporados no elemento terra, como o verso diz: "E o Eterno, D'us, levou o homem, e o pôs no jardim do Éden para arar [o solo, se referindo ao seu corpo físico a partir do qual ele foi criado], e para mantê-lo. " (Gênesis 2:15)

            A Terra é constituída por dois extremos, como mencionado acima. Por um lado, a terra leva uma pessoa a si humilhar de tal forma que ela adere a vontade de D'us, o Sagrado Abençoado Seja.

            Por outro lado, a terra carrega a essência do materialismo e, portanto, a altivez.
            Sendo assim, D'us criou o homem da terra, a fim de que o homem trabalhe para santificar-se, através dos aspectos negativos da terra, que estão dentro de si mesmo,  convertendo-os em aspectos positivos, ou seja, em fé e humildade [aceitação dos preceitos da Torá].

            Uma vez que o elemento terra, [no homem] incorpora os outros três elementos. Ele é capaz de santificar o seu corpo e a criação física inteira, porque toda a criação é composta por quatro elementos.

            Aquele que é capaz de santificar-se, se humilhando e aderindo à vontade de D'us, o Sagrado Bendito Seja, após seu falecimento, seu corpo facilmente se fundi com o pó da Terra, [no local que seu corpo é colocado para descansar] permitindo que sua alma facilmente tirar os poderes positivos da terra, relacionados com a humildade, que foi ativado por meio de Moisés. Além disso, permite que a alma da pessoa santificada, de forma rápida se una com D'us, o Sagrado Bendito Seja,  sem ter que sofrer muito para purificar-se.

            Aquelas pessoas que não se humilharam, [submetendo-se aos preceitos da Torá] deixam de santificar seus corpos, e, portanto, têm mais dificuldade em  fundir-se com o solo após seu sepultamento. Portanto, devem sofrer a dor na sepultura, a fim de limpar o corpo da poluição causada pelo orgulho espiritual negativo, um orgulho que resultou na não-adesão à vontade de D'us, o Sagrado Bendito Seja!

            Vemos assim que a alma deve se conectar a humildade, a fim de fundir-se com D'us. No entanto, a humildade é uma característica derivada do mundo físico, e o mundo físico pode afetar a alma apenas indiretamente, através do apego da alma ao corpo. O corpo é ponte da alma para o mundo físico. Assim, a alma só pode acessar o poder da humildade através do elemento terra, contido no corpo. Assim, D'us, o Sagrado Bendito Seja, criou um mundo com muitos componentes contrastantes e opostos para dar às pessoas oportunidades de desenvolver a humildade.

            Para que haja paz e unidade, as pessoas devem se humilhar, por exemplo; marido e mulher, amigos, alunos e professores, empregadores e trabalhadores, etc Lembre-se mesmo após a morte, a humildade deve ser acessada. Portanto, o corpo deve primeiro ser coberto com terra para ser cercado por as energias espirituais de humildade, para compensar qualquer falta de humildade que poderia ter tido durante a sua vida, permitindo que a alma possa se tornar fundida a D'us, o Sagrado Bendito Seja.

            Conseqüentemente, a lei judaica exige que, após sua morte, um judeu seja enterrado na terra, o mais rapidamente possível, a fim de ser coberto com a energia de humildade que emana do solo, para que sua alma possa rapidamente fundir-se com D'us, o Sagrado Bendito Seja. Quanto mais rapidamente a alma se funde com D'us, o Sagrado Bendito Seja, menos desconforto a pessoa tem de suportar. Cremação e outras formas de disposição do corpo é, muito prejudicial e doloroso para a alma, portanto, proibido pela lei judaica. (L4ekutai Halachoth: Choshen Mishpat: Hilchoth Gevioth Chove May'Ha'Yesomim 4:6)

            [Nota: Rabi Nachman ensinou que a verdadeira humildade não é andar com a cabeça baixa ou agindo como um perdedor. Este tipo de comportamento é um ato externo, para receber a atenção e respeito por ser “humilde” - não há maior arrogância do que isso! Em hebraico, isto é conhecido como anavah pe'sulah – falsa humildade. (I Lekutai MoHaran 197 e 2 Lekutai MoHaran 72)]

Reações: