quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

A Atração Gravitacional do Tzaddik-Preciosos ensinos de Rabeinu Nachman


A Atração Gravitacional do Tzaddik

Adaptação-Tradução por:
Gabriel Yosef Ben Yashar


Todas as coisas e todas as criaturas ficam o tempo todo sobre a terra. A única maneira de deixar a Terra é usando alguma força de compensação que supera a força da gravidade, o distanciamento do objeto da terra é de acordo com a intensidade da força de compensação. Assim que a força de compensação cessa, o objeto retorna à Terra.

Assim, quando uma pessoa lança um objeto para cima, quanto maior a sua força, maior ele o objeto vai se distanciar da terra. Depois, no entanto, quando a força de compensação termina, o objeto cai de volta para o chão por causa da atração gravitacional da Terra, que atrai tudo a ela. Se não fosse por isso, nada ficaria na terra, porque a terra é uma bola redonda e tudo no mundo está em sua
superfície. É por causa da atração gravitacional da Terra que um objeto jogado cai de volta à terra, logo que a força de compensação cessa.

O Tzaddik é a "terra", pois "o Tzaddic é o fundamento do mundo" (Provérbios 10:25) e tudo repousa sobre ele. O Tzaddik tem um poder de atração gravitacional que atrai tudo para ele, o Tzaddik verdadeiro é o fundamento do mundo e tudo deriva dele. Todos os Tzaddikim os outros são apenas ramos do Tzaddik verdadeiro, cada um segundo seu nível: um pode ser um ramo, enquanto outro pode ser um ramo de um ramo. Este Tzaddik exclusivo torna-se como poeira: "eu sou pó e cinza" (Gênesis 18: 27). 

Ele é a fundação do mundo, precisamente porque ele é "pó" e assim ele suporta tudo.

Então por que a humanidade não é atraída por este Tzaddik que é o "pó" e tem esse "poder de atração". Porque no entanto, as pessoas são separadas e distantes do Tzaddik por uma força de compensação, por causa das palavras e ações de certos indivíduos que força as pessoas à se distanciar do Tzaddik de acordo com a intensidade da força de compensação. No entanto, quando esta força cessa de compensação, a pessoa é, mais uma vez é atraída para o Tzaddik, que é o "pó" e possui uma força gravitacional de atração.

Algumas pessoas continuam muito longe do Tzaddik enquanto elas ainda estão sob a influência da força de compensação. Mas assim que essa força é interrompida, elas se aproximam novamente. E quando viaja para perto do Tzaddik, quanto mais perto ela chega do Tzaddik, maior o seu desejo se torna, porque ela está se aproximando da fonte de atração.

Likutey Moharan I, 70

A Moeda na Frente do Olho

O sol brilha constantemente com a mesma intensidade sempre. O que bloqueia a luz do sol é só a terra, que se interpõe entre o homem e o sol. Devido à posição da terra, a luz se espalha apenas gradualmente à medida que o dia começa, mas vai aumentando até que se espalha sobre a terra.

Da mesma forma, a luz do Tzaddik brilha constantemente, enquanto a barreira está do lado dos receptores.Essa barreira é a intervenção "terra" - neste mundo material. As pessoas estão tão profundamente afundadas no mundo material que elas são incapazes de receber a luz do Tzaddik.

A Torá é muito grande e larga, e está diante dos olhos das pessoas, mas esse mundo nos impede de ver a luz da Torá. Mesmo sendo esse mundo milhares de vezes menor que a Torah.

Como algo tão pequeno bloqueia a visão de uma coisa que é milhares de vezes maior?

Para entender isso, Imagine uma pequena moeda, colocada em frente de seus olhos, isso pode impedir você de ver uma grande montanha, embora a montanha é incontáveis ​​milhares de vezes maior que a pequena moeda. No entanto, porque a moeda está diretamente na frente de seus olhos, ela bloqueia todo o seu campo de visão.

Da mesma forma, quando uma pessoa entra neste mundo físico, ele permanece afundada nas vaidades do mundo e imagina que não há nada melhor. Este pequeno mundo insignificante está em seu caminho, impedindo-o de ver a luz incrível da Torá, que é milhares de vezes maior em comparação. Este é exatamente o paralelo ao caminho a grande luz do sol que é bloqueada pela terra  mesmo que o sol é muitas vezes maior do que a terra.

"O caminho dos Tzaddikim é como uma luz radiante" (Provérbios 4:18) - uma luz radiante como o sol, que brilha constantemente. O único obstáculo é a terra, que bloqueia a luz mesmo a terra sendo tão pequena em comparação com o sol. Da mesma forma, o irradiar da luz dos Tzaddikim brilha constantemente, exceto que a Terra intervém e impede as pessoas de verem a sua grande luz. Apesar da grandeza da luz do Tzaddikim a insignificância de todo este mundo pequeno intervém, impedindo alguém de ver a sua luz, como no exemplo da moeda.

Mas é fácil de remover a moeda de diante de seus olhos - e assim que você fizer isso você vai ver a montanha, que é muito maior. Da mesma forma, com um movimento simples que você pode remover esse mundo de antes de seus olhos. Então você vai ser capaz de ver a grande luz da Torah e dos Tzaddikim, que se irradia em todos os mundos.

Likutey Moharan I, 133

Reações: