segunda-feira, 30 de abril de 2012

Ter um Sefer, é Ter Seu Melhor Amigo


Ter um Sefer, é Ter Seu Melhor Amigo

Por:Chezi


Chazal diz em Pirkei Avos 1:16, “Adquira um Rav, e obtenha (kaneh) um amigo para você mesmo (chaver)”. É trazido em seforim diferentes que a palavra kaneh dá uma idéia de utensílio de escrita que se usa para escrever livros sagrados. O ideal é que se deva encontrar um Rav, mas se não for possível, uma maneira de retificar isso é conseguir (haneh) um amigo para si.Ou seja, devemos nos conectar aos livros sagrados e deles aprender bem; e fazendo assim, saberemos quem é o verdadeiro Rav.
(Tipat Likutei Halacha) 

Como o Alimento Sustenta o Homem?

Tudo neste mundo está fundamentado nos quatro elementos essenciais: Fogo, Ar, Água e Terra.O homem e o alimento que ele ingere também estão enraizados nesses elementos.A essência do “sopro de vida” da pessoa é levada através do alimento que ela consome como é observado empiricamente.A vitalidade da pessoa é sustentada através disso.


Mas,o foco principal é que nem só de pão uma pessoa é sustentada, ou seja, “através do que procede da boca de Hashem”, o que significa dizer que a pessoa é sustentada através do sopro de vida que Hashem põe no alimento que é ingerido. A essência dessa vitalidade é da Torah de onde o sopro de vida é posto(ambos em Likutei Moharan e Likutei Halachos).

Portanto, o ser humano precisa se alimentar de acordo com a Torah e a Halacha, que relatam o conceito de “E Tua Torah está no íntimo de meu Ser."(Salmos 40:9)*.Nenhum item alimentar tem a força para sustentar uma pessoa a não ser que esteja ligado na Torah, a qual é a fonte de sua vitalidade.Repetindo, isso é um conceito que vem da boca de Hashem que dá a vida ao homem.
”Isso corresponde a bracha que uma pessoa deve dizer em cada item de alimento que desejar ingerir porque a bracha está associada a “Tudo que vem da boca de Hashem,etc, “que se associa ao “sopro de vida” da santidade.Essa é a essência da vitalidade.
Tipat Likutei Halachos

Fonte:http://portuguesenanach.blogspot.com.br/

Reações: