sexta-feira, 27 de abril de 2012

Shabat - Alguns Conselhos de Rabeinu Nachman - 2ª Parte


Shabat - Alguns Conselhos de Rabeinu Nachman  2ª Parte

Adaptado-Traduzido Por:
Gabriel Yosef Ben Yashar

Fundação de fé

Guardar o Shabat é o fundamento da verdadeira fé. Todos os nossos atos de caridade e outras boas ações só chegam a perfeição através do Shabat, que é a própria essência da fé. A caridade pode trazer muitas bênçãos e boas influências no mundo, mas ela na verdade só é revelada através do Shabat. Como a essência da fé, o Shabat é a fonte de bênçãos, colocando tudo no mundo até a perfeição final. Sem o Shabat e da fé que ela traz, tudo está em falta, incluindo a nossa compreensão piedosa e o conhecimento da Torá. Só podemos ganhar a grande Sabedoria da Torah somente através da influência do Shabat. Para experimentar a santidade essencial do Shabat, que é o fundamento da verdadeira fé, é necessário observar a pureza da santa aliança. O Shabat está profundamente ligado com a Aliança, e é por isso que é costume de passar o Shabat com os Tzaddikim, cuja santidade deriva da sua observância do Pacto de pureza em todos os sentidos. Passar um Shabat com um Tzaddik nos permite experimentar a verdadeira santidade do Shabat e aprofundar a nossa fé.

Likutey Moharan I, 31

Amar os outros

No Shabat todo mundo experimenta um determinado acessório de sua compreensão divina e consciência, e isso aumenta a sua capacidade de demonstrar amor aos outros.

A capacidade de uma pessoa de mostrar bondade aos outros, está relacionado com o seu nível de conhecimento e consciência divina. E aquele que oferece amor aos outros recebe um fluxo de amor celestial.

Likutey Moharan I, 119

Alegria dos Festivais

A alegria dos três grandes festivais, Pessach, Shavuot e Sucot, dá-nos uma parte da Luz de D'us, trazendo vida nova para a mente e a alma, e reforça a nossa percepção de D'us.

Nos festivais, devemos voltar para D'us com muita alegria. Em cada um dos festivais do mundo já está julgado ( Rosh Hashaná 16a). Um tempo de julgamento é o momento de retornar a D'us. Através do arrependimento, as forças da santidade são liberados a partir do porão de as cascas do mal, acelerando a redenção final.

Likutey Moharan I, 30


“Obra realizada com a permissão de D’us, o Sagrado Abençoado Seja!”
 Direitos reservados A BRESLEV BRASIL
A cópia e uso do conteúdo são permitidos apenas com expressa citação da fonte

Reações: